O conhecimento técnico e a experiência de trabalho são elementos que podem ser adquiridos ao longo de uma carreira. Mas o carisma do líder pode ser algo ensinado e aprendido?

O tema da liderança é um dos mais debatidos no meio empresarial e político no mundo todo. Mas afinal, o que é ser líder? O substantivo liderança é abstrato e subjetivo, o que possibilita uma infinidade de atribuições de sentidos a ele. Existe, então, um modo de definir a liderança? Um bom começo pode ser a análise da palavra líder.

Líder vem do verbo em inglês lead, que tem diversos significados. No dicionário da Cambridge University, encontramos algumas definições, como ir à frente de um grupo,mostrar o caminho, organizar, dirigir e ser a razão ou o motivo para alguma ação, devido à experiência prévia, conhecimento ou carisma.

É importante notar que, em todas as definições, a liderança tem um caráter espontâneo, ou seja, a pessoa que lidera deve relacionar-se bem com o assunto ou com o público.

Outro ponto interessante que podemos ver no dicionário é que são associadas à liderançabasicamente duas características: conhecimento e carisma. Ou seja, para ser um líder, é preciso conhecer o assunto tratado e reunir uma série de qualidades definidas que fazem com que as pessoas optem por seguir outra.

O conhecimento técnico e a experiência de trabalho são elementos que podem ser aprendidos e adquiridos ao longo de uma carreira, mas e o carisma?

Para o professor Luiz Marins, um dos maiores palestrantes empresariais do Brasil, todos podem sim praticar os atributos da liderança, inclusive o carisma. Para ele, uma das principais qualidades do líder é a de acompanhar seu grupo, estando atento a ele, verificando o progresso de seu trabalho, elogiando, reforçando as boas atitudes e propondo desafios.

Outra característica importante do líder é a objetividade. Um bom líder precisa terobjetivos claros, afinal ninguém pode sugerir ou ensinar caminhos se não souber para onde quer ir. Marins também destaca como atributo de um líder o entusiasmo.

Para ele, o único empecilho nessa caminhada é enxergar somente os aspectos negativos das situações. Fazer com que sua equipe acredite que pode atingir seus objetivos é a missão do líder e, para isso, é preciso ter entusiasmo e ser positivo.

A liderança, portanto, é fruto de um desenvolvimento contínuo, tanto técnico e acadêmico, quanto comportamental.

Autor: Luciano Valente