Qual a importância que você dá para a Comunicação Escrita na sua vida pessoal e profissional?

 

Pessoas pensando sobre a Comunicação Escrita

Pensando nessa questão, deixa eu te perguntar: quantas vezes já erraram seu nome? E quando digo “errar”, estou me referindo à pronúncia e, também, à grafia.

 

Possivelmente, já trocaram letras… colocaram letras onde não era preciso… esqueceram letras que eram extremamente necessárias…

 

Sim, eu sei disso…

 

Isso acontece, principalmente, com aqueles que têm nomes um pouco “diferentes”, que “fogem” ao senso comum. Eu falo por mim mesma: quantas e quantas vezes, ao invés de Laila, me chamaram de Leila ou pior, colocaram um Y onde não era preciso: Layla.

 

Só quem já passou por episódios assim sabe a sensação que isso causa: uma leve irritação, junto com frustração… De verdade, já passei tanto por isso… que sei bem.

 

Poxa, é o nosso nome e queremos que as pessoas o escrevam da forma correta, não é mesmo?! Rs.

 

Irritação por errarem o nome

 

A partir de episódios como esse, nós, enquanto profissionais e/ou empresários, podemos relacioná-los à forma como utilizamos a nossa Comunicação Escrita em nosso ambiente profissional e, então, refletirmos sobre o seu uso.

Isso porque essa comunicação – que é fundamental em qualquer empresa – além de ter que ser estratégica e trazer resultados, precisa também estar coerente, ter linguagem adequada e sem erros (erros esses que irritam, profundamente, nossos interlocutores).

 

Imagine: se o erro da grafia do nome já causa estresse para alguns, o que um e-mail incoerente e confuso ou um relatório com muitos erros ortográficos causam para o interlocutor em seu dia a dia profissional?

Observe o e-mail abaixo:

 

“Prezado Senhor Paulo,
Conforme é de vosso conhecimento, demos início aos serviços de construção das alvenarias das lojas. Durante a marcação das mesmas, temos nos deparado com algumas situações, como por exemplo, no projeto de arquitetura em que as alvenarias estão cotadas entre eixos de pilares. Porquê quando você loca essas paredes e vai conferir a área da loja, acaba constatando, por exemplo, que a área diminuiu e, como é vendida uma determinada área da loja ao investidor, é feita uma solicitação pelo arquiteto da galeria, para que seje deslocada a alvenaria, de forma que a área vendida seja atendida. Gostaríamos de informar-lhes que este tipo de procedimento foi adotado até o momento para duas lojas e a nova posição da alvenaria ajustada no campo de forma verbal, não havendo nenhum registro das mudanças ocorridas.
Sem mais para o momento, despedimo-nos!
Atenciosamente,
Alcides Franquete”

 

Já tinha se deparado com um e-mail parecido com esse?

 

Será que você e os demais colaboradores sabem que uma comunicação escrita bem-estruturada, coerente e clara é responsável por trazer resultados incríveis para a empresa?

Equipe atinge resultados

 

É fundamental estarmos atentos à maneira que nos comunicamos com as pessoas a nossa volta – clientes, superiores, colaterais e subordinados – , fazendo uso de uma Comunicação Escrita “de ponta” para que eles realmente entendam a mensagem que queremos passar.

 

Agora quero que pense comigo: quando a mensagem que escrevemos NÃO é entendida, como será que nossos interlocutores reagem? Será que eles também reagem como nós reagimos quando alguém escreve o nosso nome equivocadamente?

 

Pensando ainda nessa questão do erro ao escrever o nome de alguém, eu te pergunto: você já foi à Starbucks tomar um café e, ao pegar o seu pedido, se deparou com o seu nome escrito da forma errada?

 

Eu já!

 

 

Não sei se você sabe, mas para os frequentadores assíduos desse lugar, episódios como esse são muito comuns! E isso não acontece somente aqui no Brasil, mas mundialmente! Por que será?

 

Sim, a Starbucks é conhecida, internacionalmente, como a rede em que há colaboradores que “erram” o nome de seus clientes na hora de escrever no copo.

 

Quando isso acontece, dependendo da pessoa, a reação é diferente: há aqueles que dão risadas e acham a situação engraçada, inclusive, postam esse acontecimento em suas redes sociais.



Mas, há, também, aqueles que ficam extremamente bravos e irritados com essa situação, da mesma forma que seu interlocutor ficaria ao receber um e-mail decisivo para fechar um importante negócio, mas, ao ler o conteúdo, não entender absolutamente nada.

 

Imagine a confusão que seria se ele entendesse a mensagem de maneira equivocada? Você queria dizer algo, mas ele entendeu outra…

 

Voltando ainda para a questão do “erro” da Starbucks, segundo o portal Veja, foi criada uma “teoria” que diz que esse erro não passa de um estratégia da empresa para conseguir marketing grátis nas redes sociais!

 

Starbucks é a maior rede de cafeteria do mundo. Todos os anos, o nome de milhões de pessoas do mundo inteiro é escrito errado num copo de café da marca. Eles fazem fotos do erro e publicam no Facebook, Instagram, Tumblr. E o que todas essas fotos têm em comum? Duas coisas: o nome errado, e a familiar sereia verde, olhando para você. É isso mesmo, pessoal: vocês estão fazendo campanha grátis para a Starbucks há anos“.

 

Por mais, que a própria Starbucks afirme que isso não passa de uma conspiração, não podemos deixar de levar em conta que essa teoria pode fazer algum sentido, não é mesmo? Rs!

 

E qual é a sua opinião sobre isso? Não deixe de me escrever.