Além de ser um ícone da tecnologia, Jobs foi um grande orador. Conheça suas técnicas de apresentação

Dia 5 de outubro de 2011, o mundo perdeu uma de suas mais brilhantes mentes, o inventor americano Steven Paul Jobs, fundador e diretor da Apple Inc. revolucionou a tecnologia, acomunicação e a forma de nos relacionarmos uns com os outros. Ele inspirou gerações e provou que a alta tecnologia pode ser vendida a um preço acessível.

Além dessas qualidades inquestionáveis, Jobs era um grande orador, assim, seu legado é maior do que muitos homens poderiam desejar. Sua presença sempre foi marcante, ele utilizava técnicas que deixavam todos vidrados no que ele tinha a dizer. Veja como ele conseguia toda a atenção para si:

Valorização da plateia. Quando entra no palco, ele quase não olhava os slides, sempre se dirigia à plateia, sem dar-lhe as costas. Quem assiste sua apresentação consegue criar empatia com ele.

Suspense. No começo de sua fala, anunciava qualidades, contava sobre maravilhas. Andava de um lado para o outro contando qualidades de um produto. Criava suspense na plateia, fazendo com que todos quisessem saber o qual era o novo produto ou qual próximo passo de sua fala.

Entusiasmo. A empolgação de Jobs era contagiante e elegante

Poucos números. Ele usava apenas o essencial, quando mostrava um número, dado, sempre utilizava um slide interpretando-o de modo simples. Qualquer apresentação técnica, com muitos gráficos e números deixa a plateia dispersa.

Bom começo, excelente final. Quando ele iniciava sua fala, garantia que todos se interessassem e ficassem de olho, mas guardava algo fascinante para o final, deixando a última impressão marcada.

Por esses e inúmeros outros motivos, Jobs inspirou a humanidade e tornou-se um ícone mundial, seus frutos serão colhidos para sempre. Assista um dos mais incríveis discursos:

Autor: Alexia Galvão