O termo “comunicação corporativa” pode parecer abrangente e remeter a muitos significados. Nos padrões da atualidade, ele se modificou tanto que inclui, também, a comunicação externa da sua empresa. Entretanto, nem tudo pode ser considerado comunicação corporativa.

Confuso? Já te explico!

 

O que não pode ser considerado Comunicação Corporativa?

A comunicação relacionada ao atendimento aos clientes – de maneira direta. Por exemplo, os departamentos de venda, relacionamento com o cliente e pós-venda, apesar de utilizarem muito de comunicação (tanto escrita quanto falada, ao telefone), não se encaixam no termo “comunicação corporativa” que deve ser aplicado à empresa.

 

Afinal, o que é Comunicação Corporativa?

Comunicação corporativa é o conjunto que reúne processos de comunicação interna e externa de uma empresa, em diferentes atividades, com o objetivo final de construir para a empresa uma imagem sólida e autoritária o suficiente para impulsioná-la no mercado.

A Comunicação Corporativa é dividida em duas partes:

 

Comunicação Corporativa Interna

A Comunicação Corporativa interna abrange os objetivos da empresa, sua missão, visão, valores e, principalmente, a integração entre o colaborador e a empresa. Fazem parte dessa comunicação, por exemplo, os e-mails internos da empresa, mural de avisos, organização de eventos, jornais e revistas corporativos. Em empresas de grande porte as redes sociais corporativas também são incluídas neste grupo.

 

Comunicação Corporativa Externa

A Comunicação Corporativa Externa é tudo o que diz respeito à empresa na visão e abrangência do público e dos clientes. Por exemplo, a imagem, o posicionamento de mercado, e a divulgação (site, Páginas de vendas, redes sociais, ações de marketing de conteúdo).

 

A minha empresa está fazendo isso certo?

Como você acabou de ver, o processo de comunicação corporativa é extenso e possui muitas vertentes – e a sua empresa deve estar alinhada em todos eles!

Para saber se a comunicação corporativa da sua empresa está de acordo com os padrões necessários para se tornar eficaz, responda às seguintes perguntas:

  • A empresa exerce atividades de integração entre os colaboradores?
  • A empresa faz pesquisa de satisfação com o cliente? (E, se faz, tem bons resultados?)
  • A empresa está bem divulgada on-line?

 

Se a resposta foi “não” para uma destas perguntas… alerta vermelho! Está na hora de rever a comunicação corporativa da sua empresa.

 

E por que isso é tão importante?

Há pelo menos 5 argumentos para te apresentar, bem aqui, da especialista em comunicação empresarial, Laila Vanetti.

Mas pense: a comunicação é importante, principalmente, para aumentar os seus resultados (e, posteriormente, seus lucros). A comunicação corporativa é o coração de uma empresa, de modo que, se ela falha internamente, uma rachadura se abre – e termina de quebrar no momento em que se dissemina externamente.