No próximo mês, teremos um dos maiores festivais de música do mundo acontecendo no Brasil, o Rock in Rio. E se você é antenado, já sabe disso. O que talvez você não saiba é que, além de ser um super evento de entretenimento, o Rock in Rio também é uma referência em Educação Corporativa.

Pois é, o “Rock in Rio Academy”, evento idealizado pelo Rock in Rio em parceria com a HSM, é um curso voltado para executivos de todas as áreas e mostra o “negócio” por trás dos palcos.

Interessante notar como, mesmo sendo um evento de entretenimento, o Rock in Rio decidiu oferecer uma capacitação aos empreendedores, um público que nos parece tão distante daquele que vai aos shows, não?

Isso nos mostra que existe uma tendência cada vez maior de se investir em Universidades Corporativas (UC), sejam elas vinculadas à instituições públicas ou privadas.

E não é por acaso que o termo “Universidades Corporativas” tem despertado tanto o interesse das empresas. Afinal, elas perceberam que hoje é preciso mais do que simples programas de treinamento para aumentar o envolvimento dos colaboradores na organização, por isso, descobriram nas UC a melhor forma de desenvolver os talentos humanos na gestão dos negócios.

E o que faz uma Universidade Corporativa?

Elas funcionam como laboratórios de aprendizagem, uma ferramenta estratégica de desenvolvimento para colaboradores, clientes e fornecedores, que buscam ensinar técnicas para melhorar o desempenho organizacional. Embora a palavra “universidade” nos leve a pensar em um campus físico e em um corpo docente estável, a versão corporativa é diferente e totalmente inovadora.

Só no Brasil, existem mais de 2.360 Universidades Corporativas reconhecidas pelo MEC, e mesmo que existam alguns pequenos aspectos diferentes entre elas, as UC se organizam em torno do princípio de promover oportunidades de aprendizagem de competências alinhadas à cidadania e educação.

Nos Estados Unidos, as Universidades Corporativas são uma febre desde a década de 80, mas por aqui, as primeiras UC, que ainda hoje são referências, pertenceram às empresas Accor Brasil, Algar, Amil, Brahma, BankBoston, Elma Chips, Ford, McDonald´s e Motorola. Existem também aquelas que não usam o nome Universidade Corporativa, mas apresentam sistemas educacionais nos seus princípios, como Gessy Lever, Volkswagen/Audi, Datasul e Rhodia.

Qual é o diferencial de uma Universidade Corporativa?

As UC têm como objetivo oferecer cursos específicos para colaboradores de uma empresa. O grande benefício disso é que, dessa forma, é possível para a empresa criar cursos e treinamentos totalmente personalizados para refletir as estratégias, objetivos e necessidades dela.

Por isso, podemos entender essa tendência de investimentos em Universidades Corporativas: um treinamento com foco nas diretrizes da empresa elimina alguns investimentos externos e tem uma eficácia melhor, além de oferecer agilidade na absorção de aprendizagem e formação do pessoal envolvido.

Quais são os cursos que as Universidades Corporativas oferecem?

Além de diversos cursos, as UCs oferecem também palestras e treinamentos in company, que têm um valor estratégico no crescimento e desenvolvimento das empresas, já que funcionam como uma forma de valorizar seus profissionais, incentivar seu aprendizado e a sua atualização.

E, segundo uma pesquisa que já foi divulgada por aqui, os treinamentos voltados à Liderança e Comunicação são os mais procurados pelas empresas.

O motivo a gente até já sabe: na “era da informação” em que vivemos, é cada vez maior a consciência da necessidade da comunicação clara e assertiva dentro dos planejamentos e relacionamentos (internos e externos) das empresas, assim como na construção de suas imagens no mercado.

Se você der uma olhada na programação do Rock in Rio Academy, verá que muitos dos treinamentos do evento serão voltados à comunicação com os clientes e gestores, o que só comprova essa necessidade da boa comunicação.

A Melhor Universidade Corporativa do Mundo!!

O tema “Educação Corporativa” é tão importante, que já existe um órgão que analisa e premia a cada ano as Universidades Corporativas que tiveram uma performance de alto nível de excelência e que tenham realizado grandes avanços para a própria organização e para a sociedade, a The Global CCU Awards.

A exemplo disso, temos a UniBrad (Universidade Corporativa do Bradesco), que contemplou todos os quesitos avaliados no The Global CCU Awards de 2017. Por reconhecer a inovação, investir em soluções de aprendizagem e acreditar no aprimoramento profissional e pessoal de seus colaboradores, a UniBrad foi considerada a melhor Universidade corporativa do mundo. E a Scritta tem muito orgulho de ter dado um treinamento In Company nessa universidade, pois também fizemos parte dessa conquista.

E sua empresa?

Está investindo nessas tendências também? De que forma?

Me conte tudo nos comentários!